quinta-feira, 10 de agosto de 2017

019. Cozinhando com o Coração

Sopa de aspargos, Arroz com espinafre, Panqueca com recheio de creme de abóbora, Bruschetta com tomate e Bolinho de chuva vegano -- estes são os itens das receitas da semana da coluna Cozinhando com o Coração.
Vegetarianos se sentem e se sabem vegetarianos.
Simples assim.
RECEITAS DA SEMANA: Sopa de aspargos, Arroz com espinafre, Panqueca com recheio de creme de abóbora, Bruschetta com tomate e Bolinho de chuva vegano.


1. Sopa de aspargos (vegana)

Rendimento: 4 porções

Ingredientes:
200 g de aspargos
1 cebola média picadinha
2 dentes de alho amassados
4 colheres (sopa) de azeite
sal a gosto

Modo de fazer:
Ferva ½ L de água. Coloque os aspargos e cozinhe por cerca de 5min. Desligue o fogo e reserve.
Em uma panela média, esquente o azeite e doure a cebola e o alho. Acrescente os aspargos com a água, sal e deixe ferver por cerca de 5 minutos. Desligue e deixe esfriar.
Bata tudo no liquidificador.
Sirva quente.

Dicas:
1. Utilize, sempre que possível, aspargos frescos. 
2. Sirva a sopa acompanhada de bruschettas com tomate (ver receita 4)

2. Arroz com espinafre (vegano)

Rendimento: 8 porções

Ingredientes:
2 xícaras (chá) de arroz branco
2 maços de espinafre
500 mL de caldo de legumes (ver dicas)
2 cebolas grandes picadinhas
8 colheres (sopa) de azeite de oliva
sal a gosto
pimenta do reino (opcional)

Modo de fazer:
Refogue parte da cebola em 4 colheres (sopa) de azeite em uma panela, em fogo médio, até começar a dourar.
Adicione o arroz e refogue, em fogo brando, por cerca de 5 minutos, mexendo de vez em quando. 
Adicione o caldo de legumes, o sal e a pimenta. Cozinhe até que o arroz fique macio. Reserve.
Prepare o espinafre conforme receita 3 em https://brahmanirvana.blogspot.com.br/2017/07/017-cozinhando-com-o-coracao.html.
Junte o espinafre pronto ao arroz. Mexa suavemente até ficar homogêneo.
Sirva quente.

Dicas:
1. Preparo do caldo de legumes. Você pode usar qualquer legume que tenha em casa. Sugestão: cenoura, milho, cebola, aipo, alho e outros. Lave, descasque e pique todos os legumes. Coloque em uma panela com água e leve para ferver em fogo baixo por aproximadamente 1 hora. Retire os legumes e use o caldo para risotos e outras receitas. Os legumes que sobrarem podem ser utilizados no preparo de sopas e cremes.
2. O arroz branco pode ser substituído por arroz integral. Neste caso, você precisará um pouco mais de caldo de legumes para cozinhar.
3. Caso não queira preparar o caldo de legumes, utilize apenas água para o cozimento do arroz.

3. Panqueca com recheio de creme de abóbora (lacto-vegetariana)

Rendimento: 8 porções

Ingredientes

Massa:
1 copo de leite
1 copo de farinha de trigo
¼ copo de farelo de trigo (opcional, somente se quiser massa integral)
uma pitada de sal
1 colher (sopa) de fermento em pó químico

Recheio:
1 cebola picadinha
2 dentes de alho amassados
2 colheres (sopa) de coentro picado
1 kg de abóbora (tipo paulista ou de pescoço) pequena, sem casca, cortada em pedacinhos 
½ xícara (chá) de água
temperinho verde (salsa e cebolinha)
azeite, sal e pimenta do reino
Molho para cobertura das panquecas:
Molho de tomate, conforme receita 2
Queijo parmesão (opcional)

Modo de fazer:

Massa:
Misture bem a farinha, o farelo, o sal e o fermento. Adicione o leite e misture bem. Se a massa ficar muito grossa adicione um pouco mais de leite.
Unte uma frigideira com um pouquinho de azeite e leve ao fogo até aquecer.
Com o auxílio de uma concha, pegue uma porção de massa e coloque na frigideira, espalhando bem. Deixe dourar por baixo. Em seguida vire do outro lado e deixe dourar. Reserve para rechear.
Repita o processo com toda a massa. Reserve os círculos de massa já prontos.

Recheio:
Aqueça uma panela com um pouquinho de azeite e refogue a cebola e o alho. Coloque a abóbora e o coentro.
Refogue bem, coloque a água e tempere com sal e pimenta.
Tampe a panela e deixe cozinhar até a abóbora ficar macia, desmanchando.
Adicione o temperinho verde e reserve.
Recheie as panquecas, arrumando-as em uma travessa.
Coloque um pouco de molho de tomate por cima e salpique queijo parmesão ralado de boa qualidade. Leve ao forno para gratinar.

Dica: Os círculos de massa, já prontos, podem ser guardados no freezer, para posterior utilização com o recheio de sua preferência.

4. Bruschetta com tomate (vegana)

Rendimento: 8 porções

Ingredientes:
½ kg de tomates maduros sem pele
½ xícara (chá) de azeite de oliva
folhinhas de manjericão fresco
sal
pimenta do reino
1 dente de alho amassadinho
8 fatias de pão tipo italiano ou baguete

Modo de fazer:
Corte os tomates em cubinhos. Reserve.
Junte o azeite, o sal, a pimenta do reino e as folhinhas de manjericão picadas. Misture bem.
Torre as fatias de pão e esfregue ambos os lados com alho.
Coloque uma porção do tomate temperado em cada torrada e sirva.

Dica: Esta bruschetta é uma excelente entrada para acompanhar sopas e saladas.

5. Bolinho de chuva (vegano)

Rendimento: 20 bolinhos

Ingredientes:
1 banana prata madura amassada
1 xícara (chá) de farinha de trigo
½  xícara (chá) de farinha de aveia
½ colher (chá) de canela em pó
1 colher (sopa)  de óleo vegetal
1 pitada de sal
3 colheres (sopa) de açúcar cristal
1 colher (sopa) rasa de fermento em pó químico
½ xícara (chá) de água
óleo vegetal para fritar

Modo de fazer:
Amasse a banana e acrescente os demais ingredientes, com exceção da água e o fermento. Misture bem. 
Acrescente a água à massa aos poucos, até atingir o ponto. A massa deve estar macia, mas não muito líquida. 
Por último, acrescente o fermento e misture suavemente. 
Pegue porções da massa com duas colheres e frite em óleo bem quente, até dourar. 
Coloque os bolinhos sobre papel absorvente e sirva em seguida. Se desejar, passe-os numa mistura de açúcar com canela.

Cozinhando com o coração
(ccturci@gmail.com)
O objetivo do projeto Bhāvana Namaḥ: Cozinhando com o Coração  é mostrar que a culinária vegetariana e a vegana podem ser facilmente apreciadas, mesmo por aqueles que ainda não aderiram completamente a estas práticas de alimentação.

A ideia é compartilhar a nossa alimentação caseira, simples e que foi sendo desenvolvida, testada e adaptada ao longo de trinta e cinco anos de casamento. Além de saborosas, as receitas aqui disponibilizadas semanalmente podem ser consideradas completas pois juntas compõem refeições com pelo menos cinco cores. Um prato colorido é sinal de uma alimentação balanceada. 

Vez por outra, esta coluna também compartilhará, ou sugerirá, artigos, vídeos e filmes relacionados à qualidade de vida e a saúde do corpo e do planeta.

Qualquer dúvida sinta-se à vontade para me escrever!

SUGESTÕES DA SEMANA