domingo, 22 de janeiro de 2017

Celebração de Casamento

Conforme argumentei anteriormente, os casamentos são celebrados para que a luz se dê no mundo (Celebração de Natal). E isto somente é possível quando o casamento deixa de se centrar no casal e passa a representar o ideal de lançar ao mundo boas sementes. É deste ideal de se tornar um com a humanidade que poderá advir a paz no mundo. Onde há mais amor, o mundo é melhor (AS CELEBRAÇÕES DE DEZESSEIS DE JANEIRO). Logo, o verdadeiro casamento não pode ter a carga darwinista do passado, dividido em polos opostos, em esquerda e direita, masculino e feminino.  A forma de casamento que deverá sobreviver ao século XXI funda-se em paradigmas de estruturas cooperativistas, rizomáticas, que consideram o corpo social como um todo, diluindo a luta de classes e de gênero.

quinta-feira, 12 de janeiro de 2017

AS CELEBRAÇÕES DE DEZESSEIS DE JANEIRO e o meu encontro com o Professor Hermógenes e Sathya Sai Baba

Como parte das celebrações de dezesseis de janeiro, início dos ciclos anuais de trabalhos visando a recuperação da saúde do planeta e da consagração de todas as ações e medidas socioambientais realizadas em nome da boa ordem ecológica e do pleno desenvolvimento do ser humano, resolvi acrescentar ao blog as seguintes seções: (1) Textos Acadêmicos, onde disponibilizo meus principais artigos; (2) Contribuições para o Site da Universidade do Coração, onde apresento uma lista de textos escritos com formato e conteúdo no espírito dos servidores voluntários do Site; e (3) Textos Antigos Publicados em outras Plataformas, onde reúno antigas publicações que sinalizam para este trabalho sutil e oculto de restauração da paz e harmonia no mundo.

Da seção Textos Acadêmicos, destaco (1) Śraddhā in the Bhagavad Gītā: an investigation on the primeval expressions of the contemporary paradigm on heart-philosophy e  (2) Uma Visão Polifônica sobre a Gênese da Ciência do Sagrado na Bhagavad Gītā, que tratam da ciência do sagrado no espírito destas celebrações de dezesseis de janeiro. Da seção Contribuições para o Site da Universidade do Coração, destaco o texto O que é o Śuddha Dharma? (1), com mais de 400.000 visualizações, e os textos Reunião Inicial, Histórico, Quem Somos, Teatro Palco da Vida, Projeto Bambá e Edifício Milagres, que se inserem nesta celebração. Por fim, dos Textos Antigos Publicados em outras Plataformas, destaco Meu encontro com Hermógenes e Sathya Sai Baba, que saiu com o título Sathya Sai Baba no site Debates Culturais.